A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Este post também está disponível em: Inglês

Yuri Simões Entrevista: “É muito díficil chegar longe no jiujitsu um esporte abandonado em termos de patrocínios e mídia”

SHARE

yuri-simoes-entrevistaYuri Simões é um dos melhores atletas da academia Checkmat. O faixa preta de Ricardo Vieira, ex campeão mundial (roxa e marrom) e ex campeão Pan Americano (faixa preta) esta fazendo um tour pela Europa dando seminário depois de um tempo vivendo na Austrália. O BJJ Heroes teve oportunidade de conversar com Yuri aquando da visita do mesmo em Inglaterra.

Yuri Simões Entrevista: “A Austrália com certeza é um lugar que marcou muito minha vida (…) porque sei que nao fiz um time e sim uma familia”

Você esta passando pela Europa, teve um tempo em Liverpool na Inglaterra, também em Londres e agora tambem na Suécia. Como surgiu essa oportunidade de visitar o velho continente e o que você tem feito por cá?

Logo depois do mundial em junho, eu entrei em contato com uns amigos do BJJ e comecei a organizar uns seminários. Comecei minha viagem no norte da Italia, depois Inglaterra e agora já estou indo na Suecia. To curtindo muito e muito legal e gratificante saber que estou fazendo tudo isto atraves do jiu-jitsu.

Você visitou algumas das maiores academias de Inglaterra, onde o Jiu Jitsu tem crescido bastante. O que achou do nível das academias e dos atletas?

Estive em muitas academias aqui na Inglaterra, em todas eu fui super bem recebido e gostei muito dos treinos que dei na terra da rainha, alto nível a galera super atualizada e ligada no BJJ, so tenho a agradecer a todos meus amigos de lá por tudo.

Tendo Passado grande parte desse ano treinando na Austrália, tendo atribuido a sua primeira faixa preta (a Kit Dale), como foi essa temporada na Austrália, como está o Jiu Jitsu de lá comparativamente ao Brasil/USA ou até ao Jiu Jitsu praticado na Europa?

Austrália com certeza é um lugar que marcou muito minha vida, onde pela primeira vez tive a experiencia de ser professor e assumir a responsabilidades de um professor. E diferente para um cara que só competia de repente ter que treinar um time e ter que se treinar também, mas concerteza mesmo nao dando mas aula la valeu a pena cada minuto porque sei que não fiz um time e sim uma familia, hoje a equipe esta bem representada pelo meu companheiro de treinos Kit Dale que assumiu o meu posto e esta fazendo um grande trabalho por lá. O nível do Jiu Jitsu na Austrália ainda não é alto, são poucos atletas que conseguem colocações em torneios internacionais mas acredito que dentro de 3 anos eles já estaram no nível dos EUA e do Brasil.

Você sempre medalha nas principais competicões, esse ano teve um pouco menos forte no Mundial e no Pan embora tenha conquistado o a American Cup. O que você acha que faltou no Mundial e Pan? Voce acha que ter passado muito tempo na Austrália afetou a sua performance?

Não acho que no mundial o problema não foi a performance, consegui ganhar o Vegas Open e o American Cup e chegar nas duas finais do absoluto, acredito que no mundial peguei um atleta muito duro que foi Rodolfo Vieira nas quartas de final e acabei nao podendo mostrar muito meu jiujitsu porque so fiz uma luta antes daquela com o Diego Herzog onde ganhei por 5 a 0. Fiquei triste não pela derrota mas apenas pelo fato de querer ter feito mais lutas.

Todos sabemos que a situacão monetaria de um competidor é muitas vezes dificil. Você tem sido sempre um competidor de alto nível desde a uns anos para cá, como voce vai tendo suporte financeiro se manter no topo do esporte?

Não me considero no topo do esporte acho que preciso fazer muito ainda para ganhar esse titulo, mas concerteza e muito dificil chegar longe no jiujitsu e se treinar para chegar preparado em uma competicao de um esporte abandonado em termos de patrocinios e media. Hoje tenho a shoyoroll que me ajuda muito e o resto eu tiro dando aulas e seminarios e tambem devo muito ao meus pais que sempre me apoiaram e ajudaram 100%, hoje nao posso reclamar tanto ja recebo mais oportunidades mas no comeco era bem mais dificil.

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN