A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Este post também está disponível em: Inglês

O melhor lutador Europeu de Jiu Jitsu da sua geração (categoria masculina), o dinamarquês Alexander Trans, da Academia Checkmat em Copenhaga (Arte Suave), tornou-se conhecido nas faixas de base do Jiu-Jitsu ao conquistar todos os títulos importantes no calendário internacional da IBJJF antes de receber a faixa preta de Leo Vieira em Novembro de 2011. Desde então Alexander Trans cimentou o seu estatuto como um lutador top ao conseguir medalhar na maioria dos campeonatos da IBJJF.

Alexander Trans Jiu-Jitsu

Nome Completo: Alexander Riis Hillgsoe Trans

Apelido: n/a

Linhagem: Mitsuyo Maeda > Carlos Gracie > Helio Gracie > Rolls Gracie > Romero Cavalcanti > Leonardo Vieira >Alexander Trans

Principais Conquistas:

  • 7x Campeão Europeu (2014 absoluto, 2013, 2012 preta, 2011 marrom peso & absoluto, 2010 roxa peso & absoluto)
  • 3x Campeão Mundial (2011 marrom peso & absoluto, 2010 roxa)
  • 2x Campeão Pan-Americano (2011 marrom peso & absoluto)
  • 2x Campeão Brasileiro (2011 marrom, 2012)
  • 2x Campeão World Pro Cup Trials – Varsóvia (2011 peso & absoluto)
  • Campeão Mundial Nogi (2010 marrom)
  • Campeão Rio Open (2010 marrom)

Posição/Técnica Favorita: Meia-guarda “profunda” (deep half guard)

Categoria de Peso: Pesadíssimo (acima de 100,5Kg)

Academia: Checkmat BJJ

Biografia de Alexander Trans

Alexander Trans nasceu em 1989 na Dinamarca, começou a praticar artes marciais através do Jiu Jitsu tradicional (a forma japonesa de Jiu-Jitsu) quando tinha 13 anos. Treinou por dois anos até descobrir do estilo Brasileiro de Jiu-Jitsu, que passou a praticar desde então. Alexander não levava o seu treinamento muito a sério durante os primeiros anos, mas quando se juntou à academia Arte Suave em Copenhaga (o quartel-general da Checkmat na região) em 2009, começou se focando mais em competir.

A academia Arte Suave, gerenciada por Shimon Mochizuki, um faixa preta que elevou o jogo de lutadores como Ida Hansson & Shanti Abelha (duas das melhores competidoras da academia), sob a orientação de Mochizuki, Alexander começou treinando 3 vezes por dia, viajando para o Brasil com frequência para treinar com lutadores como Leo Vieira (São Paulo), “Bob Esponja” Medeiros (João Pessoa) e Rico Vieira (Rio de Janeiro).

Todo esse treinamento duro deu frutos e Trans começou realmente a deixar a sua marca a um nível internacional, vencendo 9 lutas no Mundial de 2011 na sua categoria e no absoluto sem deixar seus adversários marcar um único ponto. Venceu tudo a que se propôs na faixa marrom nesse ano, com exceção do ADCC onde perdeu por pontos contra o veterano Fabricio Werdum, recebendo a faixa preta pouco tempo depois das mãos do lendário professor e lutador, Leonardo Vieira.

Alexander Trans vs Yuri Simoes

Alexander Trans vs Keenan Cornelius

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN