A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Este post também está disponível em: Inglês

Ary Farias

SHARE

Ary Farias era considerado como ‘a maior promessa’ dos pesos pena e pluma no Jiu-Jitsu quando ainda de menor nas faixas de base, essa ‘profecia’ acabou se tornando em realidade com Aryzinho conquistando várias medalhas de ouro na faixa preta. O lutador de Manaus treinou com a elite de professores e atletas de Jiu-Jitsu, personalidades como Ronaldo Jacaré, Rico Vieira e Ramon Lemos, frequentando academias célebres como a ASLE, Checkmat e a Atos. Em 2013 Ary Farias começou a se dedicar ao MMA (artes marciais mistas).

Ary Farias Jiu Jitsu

Nome Completo: Ary de Melo Farias

Apelido: “Aryzinho”.

Linhagem: Mitsuyo Maeda > Carlos Gracie > Carlson Gracie > André Pederneiras > Ramon Lemos > Ary Farias

Principais Conquistas:

  • 3x Campeão Europeu (2009 Roxa, 2010 Marrom, 2011 Preta)
  • 8x Campeão Mundial (juvenil, Azul, Roxa, Marrom, 2011 faixa preta – fechou a final com colega)
  • Campeão Brasileiro
  • Campeão Mundial No Gi (Faixa Roxa)

Posição/Técnica Favorita: Guarda.

Categoria de Peso: Peso Pluma (64kg – 141lbs).

Academia: Atos (Anteriormente Checkmat e ASLE).

Biografia de Ary Farias

Ary Farias nasceu em Manaus, Brasil. Começou treinando Jiu-Jitsu na famosa academia ASLE quando tinha apenas 11 anos. Ary sempre havia sido um fã de esportes, e de esportes de combate em particular, daí até ele chegar ao Jiu-Jitsu foi um pequeno passo. O primeiro instrutor de Farias foi nada menos que bi campeão mundial peso absoluto: Ronaldo Jacaré, que tinha a seu cargo a aula das crianças na ASLE. Ary treinou com Jacaré até aos 16 anos, trabalhando com a estrela do Jiu-Jitsu todos os dias e até partilhando a casa do campo de treinos com Ronaldo.

Por altura dos seus 16 anos Ary era já uma enorme promessa do Jiu-Jitsu vencendo todos os maiores campeonatos regionais em que entrou. Quando Ary Farias começou a treinar na aula dos adultos, a sua aprendizagem passou para cargo de Henrique Machado, o líder da ASLE. O temperamento de Ary chocou com um pouco com o do seu professor, levando Ary a deixar a academia. Como Ary havia conhecido e se tornado amigo de Alain “Finfou” em um dos muitos torneios em que competiu ele pediu a Alain se podia treinar com ele na sua academia, a Fightzone (Checkmat) onde Alain treinava sob orientação de Ricardo Vieira. “Finfou” intercedeu por Ary e Ricardo Vieira aceitou Farias na sua academia, o que implicou uma mudança para o Rio de Janeiro.

Se mudando para o Rio de Janeiro, Ary Farias dedicou todo o seu tempo à sua carreira de Jiu-Jitsu, treinando a sua força e o seu cardio na famosa X-Gym com com Rogerio Camões e Jiu-Jitsu com Vieira na Fightzone. Essa união deu muitos frutos e Ary Farias começou a ser considerado não apenas um talento regional mas uma promessa a nível mundial.

No seu tempo com a Checkmat se tornou muito próximo de outro importante lutador que vinha se evidenciando, Yuri Simões, com os dois se tornando amigos tão próximos que a família de Simões acabou adotando o jovem Ary Farias. Depois de alguns anos com a Checkmat, Ary recebeu a sua faixa marrom de Ricardo Vieira (2009), mas inesperadamente, em Março de 2010, Ary se mudou para a Atos, junto com seu irmão Yuri.

Apesar de seu irmão rapidamente ter regressado à Checkmat, Ary continuou com a Atos, recebendo a sua faixa preta de Ramon Lemos, o líder da academia, numa cerimónia realizada em Rio Claro em Novembro de 2010. No primeiro campeonato de Ary Farias como faixa preta, o Campeonato Europeu, a 30 de Janeiro de 2011, Ary venceu a sua primeira medalha de ouro ao mais alto nível do Jiu-Jitsu, numa final contra um dos mais dominantes pesos galo da história, Bruno Malfacine (por 6×4).

Ary Farias vs Adriano Dida

Ary Farias vs Marcio Santos

Ary Farias vs Bruno Célio

Ary Farias vs Bruno Malfacine

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN