A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Este post também está disponível em: Inglês

Cássio Cardoso foi um dos melhores faixas pretas de Jiu Jitsu graduados por Carlson Gracie. Nos anos 80 ele venceu todas as competições que existiam e a sua única derrota  registrada foi contra o falecido Marcelo Behring, uma derrota que foi vingada anos mais tarde em uma luta que se prolongou por uma hora. Cássio teve vitórias memoráveis contra Rigan e Carlos Machado e também Carlos “Caique”, e foi o primeiro lutador a ser graduado faixa preta pelo falecido mestre Carlson em apenas 5 anos de treino.

Cássio Cardoso Jiu Jitsu

Nome Completo: Cássio Luiz Cardoso

Apelido: Cássinho

Linhagem: Mitsuyo Maeda > Carlos Gracie > Carlson Gracie > Cassio Cardoso

Principais Conquistas:

  • Campeão Brasileiro (1987)
  • Campeão Carioca
  • Vencedor do “Desafio Marcelo Behring vs Cássio Cardoso” (1988)

Posição/Técnica Favorita: Armlock e Triangulo.

Categoria de Peso: Leve (76kg/167lbs)

Academia: Carlson Gracie

Biografia de Cássio Cardoso

Cássio Cardoso nasceu no dia 21 de Outubro de 1962 em Lavras, Estado de Minas Gerais, Brasil, embora tenha crescido nos arredores do Arpoador, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Cássio decidiu treinar Jiu-Jitsu por volta dos seus 15 anos porque estava sendo arreliado por um garoto do seu bairro. Cássio pesava apenas 65kgs e depois de ir na sua primeira aula de Jiu-Jitsu, acompanhado pelo seu amigo Ricardo Decachê, ele viu Rolls Gracie (que tinha uma estrutura física semelhante à dele) passar o carro em lutadores maiores de todas as formas possíveis. Foi o suficiente para que Cássio colocasse o seu nome na ficha de inscrição.

Cardoso se inscreveu na aula de Rolls Gracie, que partilhava o espaço da academia com Carlson Gracie  Cássio treinou por 6 meses com Rolls, mas cedo se mudou para a aula de Carlson com quem tinha mais empatia. No time de Carlson, Cássio Cardoso teve a chance de conhecer e treinar alguns dos lutadores mais duros da época, como “Peixotinho” (cujas técnicas ele procurou imitar), Mestre Pinduka, Clóvis de Souza e muitos outros.

Cássio lutou o seu primeiro campeonato com 17 anos, na faixa azul juvenil. Lutou contra um aluno do Mestre Francisco Mansur, e depois de tomar queda por 3 vezes consecutivas, conseguiu estrangular e botar para dormir o seu oponente. Foi o que bastou para que o jovem Cássio ficasse apaixonado por competição. Se tornou um ávido competidor e não perdeu uma única luta até chegar na faixa preta, com apenas 5 anos de treino, e mesmo na faixa preta a sua única derrota foi contra Marcelo Behring, por pontos, uma derrota que ele vingou na famosa luta de 1 hora em Lagoa (1988).

Cássio Cardoso também se aventurou no Boxe, treinando na famosa academia “Nobre Arte” onde foi trenado por Cláudio Coelho. Cássio treinou e até competiu nesse estilo de luta tendo empatado a única luta que efetuou.

A vontade de competir de Cássio diminuiu após a luta de 1988 contra Behring uma vez que ele já tinha vencido praticamente todos os lutadores da sua categoria. A dada altura ele tentou lutar contra Rickson Gracie, e o combate quase aconteceu, mas Cássio se machucou e teve de cancelar a sua participação. Pouco tempo depois se casou e parou de treinar para competir, se tornando um dos braços direitos de Carlson Gracie, auxiliando na academia e se tornando instrutor assistente. Teve grande importância no desenvolvimento de lutadores como Ricardo De La Riva e Murilo Bustamante.

Enquanto treinava na Carlson Gracie, Cássio Cardoso conseguiu terminar o seu curso de Educação Física na Universidade Gama Filho. Mais tarde deixou a academia (de boas relações) para dar aulas.

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN