A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Este post também está disponível em: Inglês

José Olimpio, mais conhecido pelo apelido “Zé Radiola” é um antigo surfista que se tornou pioneiro do Jiu-Jitsu no Estado do Pernambuco, Brasil. Faixa preta de Jiu-Jitsu graduado por Carlos Gracie Júnior, Zé Radiola se tornou o líder da academia Gracie Barra Pernambuco, onde criou campeões do esporte como Braulio Estima, Victor Estima, Otavio Sousa, Lucas Rocha e muitos outros.

Zé Radiola Jiu Jitsu

Nome Completo: José Olímpio da Rocha

Apelido: O apelido Zé Radiola surgiu porque Olímpio tem um defeito em seu braço, causado por um acidente que aconteçeu quando ainda era criança, acidente esse que provocou uma contusão séria que nunca foi devidamente curada. Essa contusão mal curada faz com que José Olímpio dobre o braço num angulo estranho, que faz lembrar um braço de radiola, daí o apelido.

Linhagem: Mitsuyo Maeda > Carlos Gracie Sr. > Carlos Gracie Junior > Jose Olimpio

Principais Conquistas: N/D

Categoria de Peso: N/D

Academia: Gracie Barra

Biografia de Zé Radiola

José Olímpio foi criado em Jaboatão dos Gararepes, perto de Recife (capital do Estado do Pernambuco, Brasil). Crescendo perto da praia, Radiola se acostumou ao mar e começou a surfar, rapidamente se tornando num fenómeno do esporte e se tornando profissional na sua adolescência (a dada altura de sua carreira de surfista ele foi considerado no “top 16 melhores surfistas do Brasil”). Viajou bastante por causa do surfe e numa dessas viagens ele começou a treinar Capoeira (atingindo mais tarde a graduação de Mestre).

Foi em São Paulo que Zé Radiola foi apresentado ao Jiu-Jitsu. Quando regressou a Pernambuco (1996) ele já voltou envergando a faixa azul, mas como havia poucas (ou nenhumas) academias de Jiu-Jitsu perto de onde ele morava, ele decidiu abrir uma num terreno propriedade de seu pai a que chamou “Academia Free Style”. Primeiramente pediu a Charles dos Anjos para ser o principal instrutor, sendo que Charles tinha mais experiência e era mais graduado que Radiola.

Entretanto, Olímpio conheceu Carlos Gracie Junior em um campeonato e convidou o Gracie para dar um seminário em Pernambuco. Depois do evento, Radiola começou viajando regularmente para o Rio de Janeiro e levando os seus melhores alunos, para aprender com Carlinhos e o seu time foi batizado de Gracie Barra Pernambuco. Charles dos Anjos acabou por deixar a academia e se mudar para os Estados Unidos, deixando Zé Radiola na frente da academia quando ainda era faixa roxa. O grande coração de Radiola deixou a sua marca na equipe, a sua persistência em achar patrocinadores para os seus atletas e a atenção dedicada a cada aluno começou dando seus frutos com vários dos seus lutadores chegando nos pódios das maiores competições do mundo.

Com o reconhecimento de sua “fábrica” de campeões em Pernambuco, veio também o reconhecimento internacional de Zé Radiola, hoje visto como um dos melhores e mais valiosos instrutores de Jiu Jitsu do mundo, tendo inclusivé sido chamado para liderar os treinos da Gracie Barra nos Estados Unidos antes das grandes competições da IBJJF.

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN