A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Este post também está disponível em: Inglês

Keenan Cornelius é um lutador havaiano de Jiu Jitsu, tendo recebido a sua faixa preta em Setembro de 2013 por André Galvão. Keenan Cornelius começou a sua carreira treinando com ex-campeão do UFC, BJ Penn e mais tarde com Lloyd Irvin, onde ganhou todos os principais torneios na faixa roxa e marrom, sendo considerado pelos muitos fãs Americanos como o melhor faixa marrom de todos os tempos.

Keenan Cornelius Jiu Jitsu

Nome Completo: Keenan Kai-James Cornelius

Apelido: n / a

Linhagem: Mitsuyo Maeda > Carlos Gracie > Reyson Gracie > Osvaldo Alves > Luis Dagmar > André Galvão >  Keenan Cornelius

Principais Conquistas:

  • Campeão Mundial de Jiu Jitsu (2013 marrom, 2012 roxa peso e absoluto)
  • Campeão Mundial de Jiu Jitsu Sem Kimono (2012 marrom peso e absoluto, 2011 roxa)
  • Campeão do BJJ Kumite – Kimono e Sem Kimono (2012 marrom)
  • Campeão Pan-Americano (2013 marrom peso e absoluto, 2012 roxa peso e absoluto)
  • Campeão europeu (2013 marrom peso e absoluto, 2012 roxa peso e absoluto)
  • Campeão Brasileiro (2012 roxa peso e absoluto)

Posição/Técnica Favorita: Guarda Aranha, Guarda De La Riva

Categoria de peso: 88kg/194lbs

Academia: Atos

Biografia de Keenan Cornelius

Keenan Cornelius nasceu no Havaí no dia 25 de fevereiro de 1992. O pai de Keenan, Tom Callos era faixa preta 6º grau Tae Kwon Do e começou a ensinando a arte Coreana a Cornelius quando este tinha apenas 4 anos de idade, contudo, o seu filho não estava interessado em artes marciais com aquela idade e cedo parou de treinar. Ele se interessou por Jiu Jitsu com 14 anos, mais uma vez através de seu pai. Seu pai era um grande fã do MMA (artes marciais mistas) e tinha alguns conceitos básicos de luta no solo, inclusivamente foi o Sr. Callos que introduziu o famoso lutador BJ Penn para o Jiu Jitsu muito antes de Keenan já se envolver no esporte. O pai de Keenan era faixa azul na época e abriu uma pequena academia para que seu filho treinasse com seus amigos uma ou duas vezes por semana, as crianças (todos os grandes fãs do UFC) usavam o espaço mais como treino livre, so fazendo rola pois a como a maioria dos jovens tinha experiência de luta livre olimpica (ensinada no sistema escolar Americano).

Com a idade de 15 anos, Keenan começou a ficar mais e mais interessado em Jiu Jitsu e foi visitar uma academia onde Cassio Werneck dava aula que nao ficava muito longe da cidade Keenan. Ele gostava das aulas, mas não conseguia lidar com o trajeto todos os dias, e assim sendo, apenas visitava a academia duas ou três vezes por mês. Na academia de Werneck, Cornélius conheceu Andris Brunovskis, um garoto (na época), que influenciaría o jovem Keenan a se puxar mais no treino, incutindo mais vontade de treinar.

Ainda na sua adolescencia, o pai de Cornelius o levou para um fim de semana de treinamento na academia de BJ Penn em Hilo. Lá, ele passou um tempo com BJ (um dos ídolos de Keenan na época) e seu irmão, Cornelius gostou tanto que decidiu se matricular em uma faculdade em Hilo para que ele pudesse treinar todos os dias no ginásio de Penn.

Embora Keenan passasse dois anos treinando na academia de BJ Penn, estes eram momentos em que BJ ainda era um lutador muito ativo no UFC e, passava muito tempo fora do Hilo em campos de treinamento e outras atividades relacionadas com as lutas, o que significava que a academia não tinha um faixa preta “tempo inteiro” dando aula e em cima disso , não eram aulas muito orientadas para o Jiu Jitsu com pano (kimono). Keenan era já muito talentoso, tendo recebido a sua faixa roxa por BJ Penn, no entanto, meses mais tarde, em uma conversa com seu amigo Andris Brunovskis, ele descobriu sobre o método de Lloyd Irvin e a sua academia onde Brunovskis estava treinando no momento. Andris falou coisas boas sobre o treinamento de Lloyd e Keenan se convenceu que este era o lugar para ele, deixando a academia de BJ Penn e começando a treinar com Irvin em Maryland.

Na academia de Lloyd Irvin o talento de Keenan Cornelius floresceu, se tornando ele num dos melhores lutadores de sua geração vencendo todas as principais competições no calendario da IBJJF, na faixa roxa e marrom. A carreira de Keenan pegou rapidamente e ele se tornou uma espécie de celebridade entre os entusiastas do BJJ nos exterior (EUA e Europa) que viram Cornelius como a grande esperança dos EUA para um futuro título mundial na categoria absoluto da faixa-preta .

Em 2013, depois de dois alunos de Lloyd Irvin (Nicholas Schultz e Matthew Maldonado) serem acusados de estuprar uma menina que treinava com eles na academia de Irvin, num acontecimento bárbaro, o próprio Lloyd Irvin se viu questionado, quando foi tornado público que Irvin teria sido acusado de um estupro em grupo em 1990. Continuando esse chocante caso que veio a tona em Janeiro de 2013, no começo de Março do mesmo ano, um competidor do Team Lloyd Irvin, chamado Jordon Shultz, revelou que uma das meninas que treinavam na TLI lhe contou como Lloyd Irvin a teria tentado molestar sexualmente o que levou a que a maioria dos competidores mais graduados abandonassem a academia, lutadores como Keenan Cornelius.

Keenan mudou-se então para a equipe Atos liderada por André Galvão, que o aceitou de braços abertos. Poucos meses depois, em 14 de setembro de 2013, Keenan foi graduado por Galvão como faixa preta.

Imagem por BJJPix

Keenan Cornelius vs Gianni Grippo

Keenan Cornelius vs Morris Ayala

Keenan Cornelius vs João Miyao

Keenan Cornelius vs Max Bohanan

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN