A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Submission Underground 2  Live Stream

Este post também está disponível em: Inglês

Rodrigo “Comprido” Medeiros é uma figura histórica do Jiu-Jitsu, faixa preta graduado por Romero Cavalcanti. Bicampeão mundial da categoria absoluto, Rodrigo foi uma força a ter em conta nos tatames durante vários anos, na categoria de faixa preta. Hoje, quase aposentado das competições, ele é um dos melhores professores de Jiu-Jitsu que existem, tanto de Jiu-Jitsu esportivo como de MMA, tendo treinado alguns lutadores de sucesso como Dean Lister, Mike Russow e Brock Lesnar.

Rodrigo Comprido Jiu-Jitsu

Nome Completo: Rodrigo Leite Medeiros

Apelido: Foi apelidado de “Comprido” devido ao seu físico quando começou treinando (Rodrigo é alto e era um adolescente magro).

Linhagem: Mitsuyo Maeda > Carlos Gracie > Helio Gracie > Rolls Gracie > Romero Cavalcanti > Rodrigo Medeiros

Principais Conquistas:

  • 3x Campeão Mundial (1998 – Faixa marrom, 1999 & 2000 – Faixa preta Categoria Absoluto)
  • 3x Campeão Pan-Americano (1999, 2007, 2009 – Master)
  • 2x Campeão Brasileiro (1999, 2000)
  • 2x Campeão da Copa do Mundo – CBJJO (2002, 2006)
  • Campeão Europeu (2011 – fechou a chave com colega Igor Silva)
  • 2x Medalha de Prata no Mundial (2001, 2004)

Posição/Técnica Favorita: Passador de Guarda.

Categoria de Peso: Ao longo dos anos “Comprido” lutou nas categorias Meio Pesado, Pesado, Super-Pesado e Pesadíssimo.

Time/Academia: Brasa

Biografia de Rodrigo “Comprido” Medeiros

Rodrigo Medeiros nasceu no dia 1 de Outubro de 1977 no Rio de Janeiro, Brasil. Rodrigo cresceu na mesma área que seus bons amigos: Leonardo e Ricardo Vieira, que já praticavam Jiu-Jitsu desde crianças. Um dia com a ajuda do primo de Rodrigo (Maurício) os três conseguiram convencer Medeiros a ir com eles para treinar na academia de Romero Cavalcanti, “Comprido” tinha 16 anos na época (1992).

A escalada de “Comprido” até à faixa preta foi relativamente rápida, recebendo a graduação depois de vencer o Campeonato Mundial na faixa marrom em 1998. Rodrigo fez história no ano seguinte, chegando na final da categoria absoluto no Mundial e vencendo o favorito “Roleta” com um mata-leão no pé. Foi a primeira vez que a final da categoria absoluto foi vencida por finalização e demonstrou o excelente momento de forma que “Comprido” atravessava na época, confirmado mais tarde nesse ano com as vitórias no Pan-Americano e no Campeonato Brasileiro.

“Comprido” repetiu a medalha de ouro no absoluto do Mundial no ano seguinte, conseguindo também o bronze no peso e outra medalha de bronze no absoluto do Campeonato Brasileiro.

Em 2001 Romero Cavalcanti deixou a sua academia do Rio de Janeiro para se estabelecer na América, deixando Rodrigo e Ricardo Vieira na frente da academia. Essa nova parceria parecia feita à medida uma vez que o time tinha se tornado como uma família, ambos os instrutores (Medeiros e Vieira) eram amigos chegados (até as suas mulheres eram melhores amigas!) mas as divergências começaram em 2002 quando o time anteriormente liderado por Cavalcanti entrou em rota de colisão com o professor de São Paulo (e então o primeiro na cadeia de comando) Fábio Gurgel. Parte do time (Rodrigo e Ricardo incluídos) queria lutar a nova Copa do Mundo, um campeonato formado por uma nova federação (CBJJO) que oferecia compensações monetárias aos vencedores. Gurgel não gostava dos organizadores dessa nova CBJJO e achava pouco prestigiante competir nela. Os lutadores em conflito não concordavam e acreditavam que a profissionalização do esporte através das compensações financeiras era o caminho a seguir. Demonstrando o seu apoio pela Copa do Mundo, eles decidiram ir em frente e competir (um campeonato que “Comprido” venceu), mas em resultado foram expulsos da academia Alliance, vindo a formar uma outra academia, a Master Team, que viria a acabar por dar origem à Brasa e a TT.

Com a equipe Brasa, a academia em Copacabana continuou a ter sucesso e “Comprido” lançou então um novo projeto, um camp de Jiu-Jitsu para “gringos”. A localização escolhida foi Armação de Búzios, no Brasil. Os conhecimentos e talento de Medeiros combinado com a excelente localização de Búzios foram uma receita para o sucesso imediato.

Com essa nova interação com os alunos estrangeiros veio o interesse de trazer Comprido para os Estados Unidos. O interesse cresceu e como Medeiros teve uma briga com Ricardo Vieira, os dois se separaram e Medeiros decidiu se mudar para a América. Estabeleceu a sua academia em Chicago com grande sucesso, e começou a se envolver também com o treinamento do lutador de MMA Mike Russow, que abriu as portas do MMA para Rodrigo. Rapidamente Rodrigo começou a treinar grandes nomes desse esporte, chegando até ao maior nome de todos, o ex-campeão do peso pesado do UFC Brock Lesnar.

Em 2006 Rodrigo Comprido e Roger Gracie foram os rostos de um movimento que tinha por objetivo acabar com as más arbitragens no Jiu-Jitsu. O par reuniu milhares de assinaturas de competidores e professores para instituir a regra dos três árbitros em campeonatos da CBJJ/IBJJF, o que conseguiram, mudando assim a face da arbitragem no Jiu Jitsu.

O sucesso de Rodrigo nos Estados Unidos tem crescido exponencialmente tanto no Jiu-Jitsu como no MMA. O céu é o limite para esse lutador de Jiu-Jitsu que também nunca perdeu a sua sede de competir, lutando com regularidade desde a década de 1990. Recentemente a sua dedicação tem estado no ensino, mas não se surpreenda se o vir no próximo Mundial.

Rodrigo Comprido vs Nino Schembri

Rodrigo Comprido Highlight

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN