A Historia do Jiu Jitsu, Academias, Mestres, Competidores, Resultados das Maiores Competições e as Últimas Novidades

Submission Underground 2  Live Stream

Este post também está disponível em: Inglês

Carlos Gracie foi o visionário que fundou a primeira Academia Gracie de Jiu Jitsu, uma academia que ele geriu com a ajuda de seus irmãos, Oswaldo, Gastão, George e Helio Gracie. Este grupo de irmãos quebraria as convenções das artes marciais (ou aquilo que estava convencionado como sendo os estilos de luta aceites), conseguindo isso através de desafios contra lutadores diversos a fim de publicitar a sua academia de Jiu Jitsu e melhorar as suas competências. Carlos Gracie atingiu o Décimo Grau de Jiu-Jitsu Brasileiro, um grau apenas reservado para os fundadores da arte suave.

Carlos Gracie Jiu Jitsu

Nome Completo: Carlos Gracie

Linhagem/Genealogia:  Mitsuyo Maeda > Carlos Gracie

Data de Nascimento: 14 de Setemebro de 1902 (Falecido: 7 de Outubro de 1994)

Apelido: “Pai Branco” era o apelido utilizado pelos seus familiares. Por se vestir sempre de branco e ser considerado o chefe da família (uma figura paternal dentro do clã Gracie).

Posição/Técnica Favorita: Armlock/Chave de braço

Peso: Andaria por volta dos 62Kg

Registro de lutas:

Regras Adversário Local Resultado Metodo
Vale Tudo Desconhecido* Guarda Civil QG Vitória Chave de Braço
Jiu Jitsu Geo Omori MSG Empate
Vale Tudo Samuel Capoeira Associação Cristã Vitória Nocaute Técnico
Vale Tudo Manuel Rufino Fluminense Derrota Desclassificado

*De acordo com o livro “Carlos Gracie, o Criador de uma Dinastia”, Carlos Grace lutou por várias vezes nessa noite contra vários instrutores de combate das Forças Especiais. O seu primeiro oponente era da Suécia mas o seu nome não consta no livro.

Biografia de Carlos Gracie Senior

Carlos Gracie foi possivelmente a figura mais importante da história do Jiu-Jitsu Brasileiro, uma vez que foi o primeiro de todos os Gracies a ter contato com as raízes do Jiu-Jitsu tradicional (Japonês). Carlos nasceu no dia 14 de Setembro de 1902 em Belém do Pará, Brasil. Foi o primeiro filho de Gastão Gracie (um escocês de 3ª geração) numa série de 9 filhos que nasceram na seguinte ordem:

  1. Carlos 1902
  2. Oswaldo 1904
  3. Gastão Jr. 1906
  4. Ilka 1908 (falecida pouco tempo após o seu nascimento)
  5. Helena 1909
  6. George 1911
  7. Helio 1913
  8. Mary 1915
  9. Ilka 1917

Carlos era um garoto muito pequeno para a sua idade, porém com muita energia e uma personalidade muito forte. muitos dizem que se tivesse nascido nos dias de hoje, quase certamente seria diagnosticado como hiperativo. Foi essa hiperatividade que fez o seu pai o levar a um professor de artes marciais conhecido a quem chamavam de “Conde Coma”, o nome que Mitsuyo Esai Maeda utilizava no circo de atividades, onde ele mostrava o seu estilo de luta. Mitsuyo Maeda, o Conde Coma, era um representante do Jiu-Jitsu da escola de Jigoro Kano, a mesma escola que poucos anos depois se começou a chamar de Judô. Maeda teria sido enviado para o Brasil pelos Japoneses para divulgar a sua arte marcial pelo mundo. Gastão levou seu filho na esperança de que ele pudesse aprender o Jiu-Jitsu e assim libertar um pouco dessa energia extra que ele sempre tinha.

Maeda gostou bastante do rapaz de 15 anos e aceitou o desafio de ensinar ao magrinho Carlos Gracie a arte do Jiu-Jitsu. Os ensinamentos de Maeda duraram por três anos, com algumas interrupções devido às viagens que o próprio Maeda tinha de efetuar para cumprir os seus deveres. Em 1921 devido a uma subita quebra nas finanças da família, os Gracie precisaram de se mudar de Belém do Pará para o Rio de Janeiro, afastando Carlos do seu mestre.

Após a mudança para o Rio de Janeiro, Carlos, o mais velho dos irmãos acabou se separando de seu pai e começou a trabalhando em vários empregos de pouca importância, até que um amigo dos seus tempos de Belém do Pará o encontrou no Rio. Ele também tinha treinado com Maeda por um tempo e sabia que Carlos era um dos seus melhores alunos, e então o convidou para treinar com ele na Polícia Especial, de que ele fazia parte. Dentro dos muros da Polícia foi onde Carlos verdadeiramente começou a testar as suas aptidões no Jiu-Jitsu em eventos de luta sem regra (vale tudo) internos.

Rapidamente ele conseguiu juntar dinheiro para completar o seu sonho: ter a sua própria academia de Jiu-Jitsu. O modesto local onde essa aventura Gracie começou se encontrava na Rua Marques de Abrantes, número 106, no ano de 1925. Para enfrentar esse incrível desafio Carlos pediu apoio aos seus irmãos para se juntarem a ele. Na sua primeira publicidade em um jornal local ele escreveu:

“Se você quer a sua face esmurrada e arrebentada, seu traseiro chutado e os seus braços quebrados, entre em contacto com Carlos Gracie neste endereço…”

Quando estava na academia, ensinava com muita dedicação o Jiu Jitsu aos seus irmãos. Também promovia lutas entre a sua academia e outros estilos de luta comuns no Rio de Janeiro como a Capoeira, o Boxe e a Luta-Livre, como forma de publicitar a sua academia. Do seu time faziam parte ele e seus irmãos. Ao longo dos anos Carlos começou vários outros negócios, pelo que precisava de viajar com frequência, deixando então o treinamento nas suas academias a cargo de Hélio, o seu melhor aluno. Carlos acabou abrindo também academias em Fortaleza.

Carlos Gracie sempre estudou de perto o comportamento humano e desempenho físico e através dos anos, os seus estudos deram frutos quando ele lançou a famosa Dieta Gracie, que ainda é usada com sucesso até hoje.

Apesar de Carlos estar longe da sua academia no Rio, ele nunca se afastou completamente do esporte e esteve no canto dos seus irmãos em quase todas as lutas das suas carreiras. Era considerado o seu mestre enquanto foi vivo. Carlos faleceu com a idade de 92 anos, no ano de 1994, teve 21 filhos de mães diferentes, 11 dos quais ele graduou como faixa preta de Jiu-Jitsu. Desses, 3 são verdadeiras lendas do Jiu-Jitsu, como Carlson Gracie, Rolls Gracie e Carlinhos Gracie Jr.

Sendo visto como uma figura muito sábia e o verdadeiro líder do clã Gracie, Carlos deixou varias facetas de sua personalidades bem cravadas no estilo de vida Gracie, hoje seguido por diversas outras familias pelo mundo a fora. Entre essas provas de sabedoria estao os seus famosos 12 mandamentos.

Os 12 Mandamentos de Carlos Gracie:

  1. Ser tão forte que nada possa perturbar a paz da tua mente.
  2. Falar a todos de felicidade, saúde e prosperidade.
  3. Dar a todos os teus amigos a sensação de que têm valor.
  4. Olhar as coisas pelo seu lado luminoso e atualizar teu otimismo em realidade.
  5. Pensar somente no melhor, trabalhar unicamente pelo melhor e esperar sempre o melhor.
  6. Ser tão justo e tão entusiasta com respeito ao êxito dos outros como és com o teu próprio.
  7. Esquecer os erros do passado e concentrar tuas energias nas conquistas do futuro.
  8. Manter sempre o semelhante alegre e ter um sorriso para todos os que a ti se dirijam.
  9. Empregar o maior tempo no aperfeiçoamento de ti mesmo, e nenhum tempo em criticar os outros.
  10. Ser grande demais para sentir desassossego, nobre demais para sentir cólera, forte demais para sentir temor e feliz demais para sentir contrariedades.
  11. Ter boa opinião sobre ti mesmo e proclama-la perante o mundo, mas não com palavras altissonantes e sim com boas obras.
  12. Ter a firme convicção de que o mundo estará ao teu lado, enquanto te mantiveres leal ao que há de melhor em ti.

Este post também está disponível em: Inglês

Leave A Reply

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN